Sexo Anal

novembro 9th, 2010

Sexo anal, ainda é um tabu entre muitas pessoas, esse assunto é pouco discutido e devido à falta de informação ou a informações erradas sobre o assunto, muitos não o praticam. Então vamos falar de sexo anal?

A região anal é muito sensível, por isso o sexo anal pode levar a pessoa ao orgasmo só no ato da penetração, apesar de os estímulos que proporcionam o orgasmo não sejam inteiramente de ordem física, a prática do sexo anal pode ser altamente prazerosa, mas para que isso seja possível, como em qualquer relação sexual as preliminares são muito importantes.

Por não haver lubrificação natural na região anal, as primeiras experiências podem ser dolorosas, em alguns casos pode até haver sangramento, mas calma, não se assuste, não desista facilmente de algo que pode lhe gerar muito prazer, afinal não podemos dizer que não gostamos de alguma coisa se não experimentarmos primeiro. Felizmente existem excelentes produtos disponíveis no mercado para lubrificar a região anal e facilitar a penetração.

As preliminares:

Como já mencionamos anteriormente, as preliminares são essenciais para um sexo anal prazeroso e sem dor. A região anal é cheia de terminações nervosas e ultra sensíveis, para estimular e relaxar a musculatura da região, aí vai algumas dicas:

Peça ao seu parceiro que estimule a região com os dedos, ele também pode dar beijos e lambidas, e enquanto ele faz a estimulação com os dedos pode-se aproveitar esse momento para lubrificar a região, além disso, ele pode encostar o pênis sem fazer pressão e esperar que o músculo relaxe para depois iniciar a penetração. A penetração pode ser feita lentamente como se estivesse em movimento giratório, tudo deve ser feito bem devagar e respeitando os seus limites, caso não consiga de primeira, vale tentar de novo. O que importa é a busca pelo prazer mútuo.

O ato:

No sexo anal, outras regiões podem e devem ser exploradas na hora do ato. O estímulo do clitóris, dos mamilos simultaneamente à penetração anal, podem aumentar o prazer e ajudar a relaxar. Quanto mais relaxados vocês estiverem mais sensibilidade existirá e mais prazer ambos sentirão.

Alguns brinquedinhos podem entrar na festa, e a penetração pode ocorrer duplamente, enquanto o seu parceiro faz a penetração anal pode ser usado vibrador para estimular a região vaginal, vale também se masturbar, você pode se tocar enquanto ele a penetra. “A masturbação é muito importante para que você conheça o seu corpo”.

O sexo anal para os homens:

Os homens também sentem um prazer extraordinário no sexo anal, na penetração o pênis é massageado pelo reto e como o ânus é mais apertado que a vagina a pressão sobre o pênis é maior, proporcionando muito mais prazer.

Como a maioria das mulheres não aceitam a pratica do sexo anal, isso ajuda a aguçar o desejo masculino, além do fato cultural do bumbum ser preferência nacional, aumentando o erotismo e o desejo por esta prática. Na hora H o homem ao ter a visão de seu pênis penetrando o ânus da parceira, juntamente com a imagem de seu bumbum, essas imagens junto as sensações físicas, causam um ápice de prazer e o leva a ter um orgasmo extremo.

Quatro posições de ataque (segundo a revista NOVA edição de Agosto/ 2010):

1)     Colherinha safada:

Você fica de lado e o seu querido se encaixa por trás, o que facilita controlar totalmente o ritmo da penetração. E ela não costuma ser muito profunda nessa posição.
Nível: iniciante.

2)     Missionário nas estrelas

O lindo fica por cima e você por baixo, com os pés apoiados nos ombros dele e os joelhos flexionados, como se estivesse na cadeira do ginecologista. Você fica com as mãos livres para estimular o clitóris, e o principal: terão contato visual direto. A penetração é mais profunda que a da colherinha. O pênis também entra mais facilmente, pois o relaxamento do ânus é total.
Nível: intermediário.

3)     Cadeira tentadora:

Fique de pé diante da cadeira e apóie as mãos no encosto. Coloque uma das pernas em cima do assento. O bonitão se encaixa por trás e inicia a penetração. Essa posição é ótima porque ele fica com espaço livre para acariciar seu clitóris. A penetração não é tão profunda, mas o malabarismo excita por poder ser praticado fora da cama.
Nível: intermediário.

4)     Cavalgada do pecado:

O moço deita de costas e você – de frente ou de costas para ele – vai descendo aos poucos sobre o pênis. Essa posição dá um controle bastante intenso da profundidade, mas também é sinônimo de uma penetração consideravelmente profunda. Se quiserem turbinar o momento, peça a ele que suba e desça o quadril para dar um ritmo mais rápido à penetração.
Nível: avançado.

Dicas importantes:

1)     Em dias férteis, sua excitação atinge o ápice. Com mais tesão, você relaxa e torna tudo muito mais fácil e prazeroso.

2)     Na hora da penetração, faça força para fora. O ânus se dilata e envolve o membro com maior facilidade.

3)     Faça uma ducha íntima com kits específicos, uma duchinha também cai bem. Ela ajuda a injetar água no canal do reto, eliminando surpresas indesejáveis ali.

4)     Além da higienização do local com ducha, uma depilação é sempre bom.

5)     Evite praticar sexo anal logo após as refeições. Há um efeito gastrocólico que nos dá vontade de ir ao banheiro.

6)     Use camisinhas com lubrificantes, e além disso você pode usar lubrificante no local também.

7)     Use produtos específicos para a região. Usar xilocaína, nem pensar! Por ser um anestésico poderoso, vai inibir toda sensação que possa ter e você nem perceberá se a região ficar machucada.

8)     Caso queira voltar para penetração vaginal nunca se esqueça de  trocar o preservativo e fazer a higiene local com água e sabão.

9)     Não faça sexo só para agradar o parceiro ou quando há hemorróidas inflamadas ou feridas no ânus.

Não tenha medo de experimentar algo novo em seu relacionamento, ao contrário do que se pensa muitas pessoas praticam o sexo anal, mas não tem coragem de revelar. Em geral são as mulheres que tem preconceito sobre o assunto, existem as que detestam e não fazem de jeito nenhum, não querem nem ouvir o assunto para vencer seus preconceitos, as que fazem apenas para satisfazer o parceiro, o que é um grande erro afinal o prazer deve ser de ambos, portanto se você descobriu depois de muito tentar que realmente não gosta de sexo anal, não faça isso para agradar ninguém. Sugira ao seu parceiro outras posições e de forma delicada coloque a par de suas vontades, desejos e limitações, ninguém vive feliz tentando agradar os outros e esquecendo de si próprio. Também existem as que gostam, mas nem sempre assumem.

O importante e viver bem consigo mesmo, não deixe que tabus e preconceitos influenciem nas suas opiniões, seja livre para viver suas relações da maneira que a faz feliz.

Disponibilizamos para os leitores interessados em experimentar um prazer diferenciado, um excitante kit com produtos especificos para a pratica do sexo anal, kit LADO B. Para comprá-lo, clique aqui!

Filmes eróticos para mulheres

agosto 30th, 2010

Algumas mulheres dizem não gostar de filmes pornôs, pois se sentem enciumadas, e imaginam que ao fazer sexo com seus parceiros vendo esses filmes, ele está pensando nas atrizes e não nelas. Isso é pura bobagem, como homens e mulheres pensam de formas diferentes, é comum que as mulheres pensem assim.  A maioria dos homens assistem esse filmes sozinhos pois, suas parceiras não gostam ou tem preconceitos com relação a esse tipo de filme, mesmo assim eles os vêem, e se inspiram nas cenas para uma bela noite de prazer com elas, por tanto não se sinta enciumada com esse tipo de filme não há motivo para isso. Na verdade quando um homem vê um filme ele não se excita porque está desejando a atriz, e sim pelo ato sexual é isso o que realmente o atrai no filme, por isso para eles não há importância em histórias e romantismo, o importante são as cenas picantes.

Vamos fazer uma pequena comparação! O homem é mais visual, portanto quando o homem vê uma cena de sexo explicito logo fica excitado, como já falamos, o que realmente interessa para ele são as posições e a exibição das formas do corpo e genitais. Já as mulheres pelo contrário, são mais sentimentais, por isso o que agradam tanto ao homem, pode ser uma incógnita para as mulheres, elas não entendem o fato de se excitar ao ver um filme sem história, onde sem nenhum dialogo os atores já estão transando.

A verdade é que as mulheres assim como os homens, também se excitam com cenas de sexo e por isso a indústria de filmes pornôs está investindo neste público criando filmes eróticos para mulheres. Mas qual a diferença entre filmes pornôs e eróticos? A diferença é que os filmes eróticos são mais elaborados, voltados para o público feminino, os filmes são pra lá de picantes, mas com um roteiro elaborado, cenas envolventes e um orgasmo mais verdadeiro.

Agora as mulheres também poderão desfrutar do prazer de assistir esses filmes com seus parceiros.  Portanto, aí vão algumas dicas de filmes eróticos para vocês assistirem e curtirem juntinhos (segundo sugestão da Revista NOVA):

1º) O PRAZER É TODO MEU

Com trilha sonora sexy e romântica, That’s What I Like (É disso que eu gosto, em tradução livre) tem apenas dez minutos, mas está longe de ser uma rapidinha – tanto que venceu o Joy Awards de 2009, premiação para filmes eróticos femininos. Nele, você se sente como se tivesse invadido o quarto de um casal apaixonado bem no meio do sexo. O que vê? Um loiro forte e de braços torneados que, solícito, atende a todos os desejos da mulher na cama. Filmado no estilo de um documentário, o curta não tem roteiro nem interferência da diretora, a australiana Louise Lush.

Indicado para:
Voyeurs que gostam de ousar em posições e fantasias mas não abrem mão do romance.

Onde encontrar:
O vídeo faz parte da coletânea Her Porn Volume 2, com 18 curtas. Para comprá-lo, acesse filmes eróticos. Custa 31,90 euros (cerca de 74 reais). Você também pode assisti-lo online tornando-se sócia de www.forthegirls.com por 29,90 dólares (cerca de 57 reais).

2º) O PECADO MORA AO LADO

Quando a diretora Petra Joy decidiu filmar Feeling It! Not Faking It… (Sentindo! Não fingindo…) em sua casa, não imaginava que os gemidos seriam tão altos a ponto de incomodar os vizinhos. Pudera: todos os orgasmos ali são reais. A alemã reuniu oito histórias feitas sob medida para incendiar qualquer lingerie: um jogo erótico com casais e tintas corporais, ménage à trois entre marinheiras, um caso de amor entre mulheres, jantar de quatro amigas com garçons sexy…

Indicado para:
Quem já assistiu a vários filmes pornôs e gosta do gênero.

Onde encontrar:
No site www.adameve.com. O DVD custa 19,95 dólares (cerca de 38 reais).

3º) A BELA DA TARDE

Filmado em tempo real, o filme holandês Des Jours Plus Belles Que la Nuit (traduzido do francês, Os dias mais belos do que a noite) mostra um casal transando em todos os cômodos de um apartamento ensolarado e praticamente vazio. Sem se preocupar com a hora ou com os vizinhos, um moreno tatuado e de barba por fazer leva a namorada à loucura prolongando as preliminares. Com direção delicada, faz você praticamente sentir cada movimento do sexo, não apenas observá-lo.

Indicado para:
Românticas que gostam de saborear as expressões de prazer do parceiro.

Onde encontrar:
Em www.blueartichokefilms.com por 25 euros (cerca de 58 reais).

4º) OS TRÊS DESEJOS

A sueca Erika Lust, diretora do premiado Five Hot Stories for Her(Cinco histórias quentes para ela), entende como ninguém de erotismo feminino. Seu esperadíssimo novo filme, Life Love Lust(Vida amor luxúria), traz três histórias que mexem com o nosso imaginário. Se for do tipo romântica, aposte em Life. Na trama, Leo e Yona, um casal que trabalha no mesmo restaurante, espera o fim do expediente para comemorar o aniversário dele com um presente inesquecível (você nunca mais vai ver o balcão de um bar do mesmo jeito!). Já Love agrada sedutores. Depois de se apaixonar por um moço mais jovem, uma executiva vive tardes quentes em um hotel. Se não tiver medo de ousar, pode aprender as maravilhas da massagem tântrica com duas mulheres em Lust. De quebra, dois extras para iniciadas nesse gênero de filme: um inspirado em sadomasoquismo e outro em voyeurismo.

Indicado para:
Quem não é fã de closes íntimos. As cenas, apesar de explícitas e sensuais, são delicadas. Se não estiver acostumada a assistir a filmes pornôs, comece por aqui.

Onde encontrar:
www.lifelovelust.com. O download de cada história custa 7 euros (cerca de 16 reais). Já o DVD com todas sai por 30 euros (cerca de 70 reais).

Dia dos Namorados

junho 2nd, 2010

O dia dos namorados é comemorado em diversos países e em datas diferentes, a data surgiu graças a São Valentim. Aqui no Brasil o dia é comemorado em 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. Você sabe como surgiu o Dia dos Namorados? Saiba um pouco mais sobre esse dia.

A história do dia de São Valentim remonta a um obscuro dia de jejum já tido em homenagem ao Santo. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado.

O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras, acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.

Mesmo com a proibição ele continuou celebrando casamentos, e após algum tempo acabou se casando secretamente. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava na prisão, muitos jovens trocavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Aguardando o cumprimento da  sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes de partir, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”. ¹

¹ Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_dos_Namorados

Está Pensando Em Se Casar?

junho 1st, 2010

Todas nós sonhamos com o casamento. Casar significa declarar os sentimentos publicamente perante a sociedade, unir-se para todo sempre com quem se ama, “até que a morte os separe”. Pelo menos é essa a proposta, mas geralmente não é o que acontece.

As pessoas têm si deixado iludir pela beleza do ato de se casar, e tem passado por cima de tudo para realizá-lo. O vestido de noiva, as fotos, a festa, a viagem de lua de mel, tudo lindo e perfeito como deve ser, mas não se esqueça que as coisas estão apenas começando, depois daquele noivo emocionado no altar ansiando por sua amada, e a noiva esplendorosa em seu lindo vestido, arrancando suspiros em quanto caminha até o encontro do seu amado, vem os problemas, a rotina, a exposição dos defeitos, afinal ninguém é perfeito.

O casamento é algo realmente maravilhoso, eu como qualquer pessoa também quero me casar, e claro, quero que seja para sempre, ninguém se casa pensando em separar, todos queremos que dê certo. Mas porque tantas pessoas se divorciam? Algumas pessoas dizem que antigamente os casamentos duravam mais, em contra partida, as mulheres eram mais submissas. Será a independência das mulheres a causadora de tantos divórcios? Não vou descartar que seja uma das causas, mas não podemos atribuir todo problema somente a isso.

A verdade é que as mulheres, desde um passado muito distante eram preparadas para o casamento, e por isso há esse desejo enraizado em seus pensamentos, quase que inconsciente, a sociedade apesar de estar mais tolerante as uniões sem formalidades, ainda aplaudi, festeja e admira o ato de casar. O casamento ainda é visto como algo mágico, e realmente é o que podemos ver na perfeição de seus detalhes. As pessoas querendo viver toda essa magia, ignoram as dicas que foram passadas no período do namoro, consideram o ato de se casar tão mais importante que os defeitos do outro, são facilmente tolerados. Alguns ainda vão além, acreditam que após se casarem, com o passar do tempo a personalidade do outro irá mudar e adequar-se ao seu jeito. As pessoas deveriam ser bem sinceras no período do namoro, mostrando exatamente o que são e o que querem.

Ouso dizer que, para um relacionamento dar certo é necessário afinidades, isso só para começar, é claro que vem muito mais por ai, como: respeito, confiança, compreensão, tolerância, paciência, carinho, amor… Há! O amor, o que é o amor? “Sentimento instintivo que impele os seres a procura do belo, grandioso, digno”… (definição segundo o dicionário Enciclopédico Brasileiro). Portanto o amor é algo muito importante e bonito, mas infelizmente não é tudo, a procura de algo grandioso e belo não pode ser tudo em uma relação, afinal o relacionamento tem muitas faces e nem todas essas faces são belas. Para que o casamento sobreviva a todas essas faces, é necessário mais do que apenas AMOR. Parece horrível dizer que o casamento não se baseia somente em amor, mas é verdade.

Vamos fazer uma reflexão! Você está pensando em se casar, eis que surge a pergunta: Qual o motivo que o leva a se unir com essa pessoa para o resto de sua vida? Se a resposta for: Eu a amo. (ou); Ela é o amor da minha vida. Isso não é suficiente. Calma! Vou explicar. Uma declaração como essa, apaixonada e tão explicita de amor é algo muito bonito, mas não é tudo, infelizmente! Toda essa magia e beleza do amor não é o suficiente para decidir se casar. Você deve estar pensando, se isso não é o suficiente, o que mais importa? Existe muita coisa importante. A resposta para uma pergunta como essa, poderia ser muito mais complexa, como: É uma pessoa que admiro muito e sinto orgulho, nos compartilhamos dos mesmos ideais e ficamos felizes com o sucesso um do outro, me sinto muito feliz por conhecê-la e tê-la ao meu lado, afinal ela me completa e, é uma ótima companheira, ela tem seus defeitos assim como eu também tenho, e ambos sabemos, mas não é nada que atrapalhe a nossa convivência, pois, nos sabemos lidar com isso, eu a aceito como é, assim como ela me admira pelo o que eu sou e claro, eu a amo, e a quero muito bem.

Acreditando nessa segunda resposta, vejo que o casamento envolve muito mais do que simplesmente amor, é claro que o amor trás consigo muita coisa importante, mas é preciso aceitar o outro como ele é, e não querer mudá-lo. Assim como você deve estar à vontade, para ser você mesmo. É necessário companheirismo, pois muitas vezes vocês terão que conversar e dividir os problemas, as tarefas, os planos, os sonhos, as frustrações, enfim, a vida. Admirar o companheiro como “pessoa” também é algo muito importante, não me refiro a, apenas admiração física, porque tudo muda, mas admirar a pessoa que o outro representa. Se não há o que admirar mais, não haverá mais motivos para estar juntos, você enxergará apenas os defeitos, e o belo e grandioso (o “amor”), irá se diluir. Vale à pena refletir, o que você admira em seu parceiro e o que faz você se orgulhar dele…

Um dia ouvi uma mulher dizendo que enfim estaria desencalhando, porque estava noiva e de casamento marcado. O que podemos refletir a este respeito? A pessoa estava velha e demorou anos para encontrar uma pessoa para se casar? Na verdade esta mulher tinha 26 anos. Porque uma pessoa de 26 anos se acha encalhada? Este é o grande problema da maioria das pessoas, terem o casamento como objetivo de vida, sentem medo de viverem sozinhas, tem sempre que ter alguém ao seu lado, mesmo que este alguém não tenha nada haver com ela. Com isso perdem várias oportunidades de conhecerem outras pessoas e a si próprio.

Pense em seu relacionamento como um todo, e principalmente não atribua ao outro, o dever de lhe fazer feliz. Não se esqueça que você é responsável por sua própria felicidade, e ela é atribuída às escolhas que você faz no decorrer de sua vida.

Como superar o fim do relacionamento

abril 28th, 2010


Um rompimento afetivo é sempre muito difícil, principalmente depois de anos de convivência e o mesmo já virou costume. Já ouviu aquela frase: “o ser humano se acostuma com tudo”, pois então, é verdade! Nos acostumamos com a rotina e tudo aquilo que virou hábito durante o relacionamento, por isso encarar a realidade de um novo dia-dia é tão difícil. Além da afetividade construída durante algum tempo, a mudança de hábito passa ser assustadora, porque geralmente temos medo do novo.

Em um rompimento as pessoas reagem de diversas maneiras, sentimentos, planos e sonhos, estão envolvidos no final da relação, talvez para quem termina, seja um pouco mais fácil do que para aquele que ouvi aquelas famosas frases de fim de relacionamento:

  • “Vamos dar um tempo, mas ficamos livres para ficar com quem quisermos”.
  • “O problema não é você, sou eu que não te mereço”. E por aí vai…

Todo mundo algum dia já passou por um rompimento, seja da parte que toma a decisão, ou que é surpreendido pelo termino.

Se você está passando por essa situação, vai algumas dicas para torna esse momento menos doloroso:

– Pare de justificar o final do relacionamento, não fique imaginando ou tentando adivinhar por que terminou, a maioria das pessoas procuram justificativas para o fim do relacionamento, tentam atribuir a culpa à algo ou alguém, portanto se está reflexão não vai mudar a sua situação atual não se torture com tais pensamentos.

– Não minta para si mesmo, não arrume desculpas para acreditar que o rompimento é temporário e que logo vocês irão reatar. Claro que isso pode acontecer, mas não viva em função disso, passando a pensar em retomar a relação 24hs por dia. Algumas pessoas ainda vão além e se trancam para novas possibilidades, não saem de casa, não se relacionam com mais ninguém esperando que o outro volte. Não faça isso, se vocês tiverem que voltar isso vai acontecer, e não será preciso que você pare de viver e se feche para o mundo.

– Tente retomar sua vida. Esse ponto na maioria das vezes é o mais difícil, geralmente quando nos relacionamos com alguém vivemos em prol do outro, nos adaptamos e tentamos encaixar naquela vida, muitas pessoas são radicais transformam seus hábitos e gostos de acordo com a vontade do parceiro. Só fazem programas a dois, tornam-se possessivas, distanciam-se dos amigos mudando totalmente a rotina de suas vidas. Quando o relacionamento termina a sensação que se tem é que estava vivendo em outro planeta, e procurar os amigos nessa hora passa a ser algo até constrangedor, (a muito você não se falam, e você nem sabe como seus amigos estão, e o que andam fazendo). Coragem procure-os.

Sai de casa, essa é uma fase de se redescobrir, talvez você não se lembre mais de como era sua vida antes do relacionamento amoroso e seja difícil pensar em algo para fazer sem o outro.

– Se você está tentando se divertir e esquecer um pouco este momento difícil, procure lugares diferentes para ir, nada de freqüentar lugares que vocês sempre iam juntos, a sessão nostalgia só tendi a fazer mal, e tornar o programa depressivo, procure não falar do relacionamento rompido o tempo todo, pois assim fica muito difícil esquecer. Se você acha que o difícil é não comentar, então faça o seguinte, procure um amigo, um espelho, um travesseiro ou até mesmo um pedaço de papel e desabafe, depois respire fundo e bola pra frente.

– Por favor, não sai com a intenção de começar um novo romance, não caia na night esperando encontrar o príncipe encantado, não que isso não possa vir a acontecer, mas é que a chances são remotas, o mas provável de se encontrar, é diversão portanto, esteja bem resolvida do que quer, para que a noite não seja frustrante. Geralmente os relacionamentos amorosos acontecem do inesperado, podemos conhecer aquela pessoa no trabalho, no ônibus, cursos, faculdade ou em uma festinha familiar, e assim por diante. Justamente quando estamos totalmente despreocupados é que as coisas acontecem.

– Aproveite este período pós termino para refletir sobre seus erros e acertos, procure se conhecer melhor, a reflexão lhe fará enxergar o seu “EU” e descobrir seus gostos e vontades, tornando você uma pessoa mais objetiva, assim ao começar um novo relacionamento você saberá o que quer, e o que lhe faz bem. A felicidade pode ser mais simples que imaginamos.

– Você conheceu alguém, não fale sobre o que passou. O que quero dizer é, evite falar do ex, não faça comparações do antigo relacionamento com o atual, porque são pessoas diferentes. Não deixe que as frustrações e marcas do relacionamento anterior interfiram.

Para finalizar digo algo que você certamente já ouviu, mas é a mais pura verdade: “Ame-se e valorize-se, é impossível amar alguém se você não ama a si próprio.

Mulher…

março 22nd, 2010


Mulher…
Tens sete sentidos
Sete chaves de poder
Mulher…
Mística flor, pétala serena
Seiva suave de uma árvore suprema
Indecifrável mulher…

Força felina e manhosa
Mulher frágil e poderosa
Sobretudo mulher…

Um sopro de vida no mundo
Alma do sonho e da dor
És assim quase perfeita
Perfeita dádiva do Criador…

Autor: Desconhecido

Homenagem ao mês da Mulher

março 14th, 2010


Nada mais contraditório do que ser mulher…

Mulher que pensa com o coração, age pela emoção e vence pelo amor.

Que vive milhões de emoções num só dia e transmite cada uma delas, num único olhar.

Que cobra de si a perfeição e vive arrumando desculpas para os erros daqueles a quem ama.

Que hospeda no ventre outras almas, dá a luz e depois fica cega,

diante da beleza dos filhos que gerou.

Que dá as asas, ensina a voar mas não quer ver partir os pássaros,

mesmo sabendo que eles não lhe pertencem.

Que se enfeita toda e perfuma o leito, ainda que seu amor nem perceba mais tais detalhes.

Que como uma feiticeira transforma em luz e sorriso as dores que sente na alma, só pra ninguém notar.

E ainda tem que ser forte, pra dar os ombros para quem neles precise chorar.

Feliz do homem que por um dia souber entender a Alma da Mulher!

Você sabe como surgiu o dia Internacional da Mulher?

março 14th, 2010

“No dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

No ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.”

Fonte da pesqueisa: www.suapesquisa.com/dia_internacional_da_mulher.htm


Cosmético Erótico

fevereiro 27th, 2010


Estamos sempre comentando, sobre como fazer para sair da rotina e inovar no relacionamento. Na hora “H” tudo é válido para prolongar o prazer e curtir com maior intensidade o momento, desde que o espaço de cada um seja respeitado.

Nós os Consultores do Prazer, trabalhamos com uma linha diversificada de produtos de excelente qualidade, que ajudam a apimentar o relacionamento, despertar fantasias e criar um clima de erotismo, sedução, romance e muita descontração entre você e seu parceiro.

Por isso decidimos postar algumas sugestões de nossos produtos para você, aí vai uma dica campeã de vendas: “Gel Excitante Unissex”.

O “Gel Excitante Unissex” é um produto da linha Sex Hot, ele foi desenvolvido especialmente para auxiliar as pessoas em momentos especiais, tornando-se um grande aliado na hora do prazer, ajudando a despertar a sensibilidade e promovendo uma maior excitação entre ambos.

Para que você o conheça um pouco mais, vamos falar sobre sua composição e modo de uso. Ele contém em sua fórmula: água, glicerina e uréia entre outros componentes. O mesmo tem validade de 36 meses, assim como a maioria de nossos produtos. Modo de uso: a orientação é que se aplique sobre a pele massageando suavemente. A nossa sugestão é para que se solte a imaginação e aproveite intensamente o momento. Imagine aquela pessoa especial juntinho de você curtindo um clima de prazer e sedução, descubra quais os pontos que causam mais sensibilidade entre você e seu parceiro e divirta-se!

Estaremos sempre postando novas informações sobre nossos produtos e como utilizá-los.

O que queremos é trazer o melhor pra você!

Conselho de um amante solitário

fevereiro 8th, 2010